Tony Amado revela: "Já foi convidado a fazer tráfico de drogas" DOWNLOAD MP3 | Marcos-musik.com

RECEBE AS NOVIDADES POR EMAIL.

RECOMENDAMOS P/ VOCÊ
  1. Young Mula Feat. Laider CM - No Guetto | Baixe agora

ÚLTIMAS NOVIDADES
  1. Abiude - Tropa | Baixe agora
  2. Dj Vado Poster - Wevo (Reprise) | Baixe agora
  3. Dj Marlene Detroit Feat. Os Bailarimusicos - Tou Cagar Na Tua Porta | Baixe agora
  4. Godzila Do Game - Na Yona | Baixe agora
  5. Yasmine - Veron Leba | Baixe agora
  6. Khris MC Feat. Valércya Nzollani - 16 - A | Baixe agora
  7. Army Squad - Bem Vindos Angola | Baixe agora

Tony Amado revela: "Já foi convidado a fazer tráfico de drogas"



Convidado para edição de sexta-feira (11), do programa Zap News, de Daniel Nascimento e Bruna Sousa, Tony Amando, contou que já recebeu propostas maliciosas, revelando ter sido convidado para fazer tráfico de droga para subir na vida profissional e foi insultado várias vezes na rua.
Ao falar sobre a sua trajectória no mundo da música e das dificuldades que já enfrentou e ainda tem enfrentado, Tony Amado, disse em conversa com Daniel Nascimento e Bruna Sousa que durante as sua carreira já foi menosprezado por seus colegas por vender peixe e recebeu convites para fazer tráfico de drogas para subir de estatuto no mundo da música.
“Com  a fama que atingi na altura. Chegou uma altura que decidi ver a minha realidade, comprei uma carrinha e comecei a vender gás, fiquei muito famoso, mas todo mundo a me questionar, eu disse Meu Deus, tinha que viver a minha realidade, meter comida em casa”, começou por dizer.
“Eu lembro que quando vendia gás, um general me disse ‘Tony Amando estou a gostar do teu desempenho, o trabalho dignifica o homem, continua meu filho’, foi uma das únicas pessoas que me elogiou, os outros músicos passavam nem me cumprimentavam a  minha mulher é testemunha porque ela vendia comigo. Tive de vender os carros e comprar moto. Eu recebi convites para fazer trafico de droga, chamaram-me de burro e disseram-me nunca vais subir na vida”, contou o cantor.
O consagrado rei do estilo Kuduro, disse ainda que de todas propostas maliciosas que recebeu ao longo da carreira, recusou-as por estar comprometido com a sociedade angolana e não pretendia arruinar sua própria vida.





CONFIRA TAMBÉM:



AUTOR DA POSTAGEM
Jovem estudante, CEO e fundador do Marcos Musik.
Watsaap: (+244) 927050949





CONTEÚDOS RECENTES DEIXE SEU COMENTÁRIO
Copyright © 2016-2018 - Todos Direitos Reservados-Angola
Site Desenvolvido Por: Marcos Sérgio