-->

RECEBE AS NOVIDADES POR E-MAIL.

15 de agosto de 2017

Puto Mira garante: “não abandonei o Kuduro, só estou a mostrar meu outro lado”


O kudurista angolano que recentemente abraçou o estilo Semba, Puto Mira garantiu nesta segunda-feira (14), que não abandonou o Kuduro, simplesmente está a mostrar outro seu outro lado com o projecto “O meu outro lado”.
Em entrevista ao programa Zap News de Daniel Nascimento e Bruna Sousa, o cantor disse que não deixou de fazer parte do grupo “Os Vagabandas”, apenas está a abraçar um projecto a solo, ‘O meu outro lado’, que requer mais responsabilidade sem querer discriminar o seu estilo de origem.
“Os vaga banda ainda continuam, isso simplesmente é um projecto a solo então não quero fazer uma salada russa o titulo é ‘O meu outro lado’. Quando é o meu outro lado então não posso meter nem kuduro, afro house e nem querer discriminar, quero mostrar que além de Kuduro eu sei fazer outros estilos que exigem mais responsabilidade falo na aula de canto, o que é conhecer um instrumento, o que é fazer musica ao vivo”, começou por esclarecer o cantor.
Puto Mira disse ainda que depois de caminhar para o estilo Semba percebeu na verdade o que é responsabilidade na música, por ter mais disciplina em tudo que fazer enquanto que no kuduro é tudo mais liberal.
“Eu percebi que ‘Semba’ exige mais responsabilidade do que o kuduro, não que o kuduro não é uma musica  mas são coisas totalmente diferentes. Eu não tinha uma disciplina musical, mas agora tenho, procuro ter mais cuidado com a minha voz , o que vou consumir, isso tudo no kuduro é tudo free, directo”, disse o kudurista que agora abraçou o estilo Semba."
O cantor já tem disponível em várias plataformas digitais a faixa intitulada “Mais um dia”, que contou com a participação de Mago Sousa.


Recomendamos Para Voçê:
Asaph - Juro Mesmo (Zouk) | Baixe agora
Mandinga Moh - Perdido e Aprisionado (Rap) | Baixe agora

Outras Recomendações:
Pacote 10 - Afro House 2017 Vol.1 | Baixe agora
Pacote 10 - Afro House 2017 Vol.2 | Baixe agora
Pacote de Kizomba e Zouk (Julho, 2017) | Baixe agora
Kizomba Mix Vol.1 (2017) | Baixe agora

Copyright © 2016-2017 Marcos-musik.com Todos Direitos Reservados-Angola
Editado Por: Marcos Sérgio